voltar

Storytelling, o grande segredo

Postado em 20/11/2015 por Kings

A verdade é que o storytelling não está apenas por trás das apresentações em PowerPoint. Essa técnica, nascida nos primórdios da comunicação, quando o homem começou a falar e, consequentemente, contar histórias, também é usada em diversas campanhas publicitárias, materiais institucionais, lançamentos de produtos e atividades do cotidiano, como uma simples conversa de bar. Em todos esses casos, inclusive nas apresentações empresariais e comerciais, o storytelling tem funções muito bem definidas: otimizar a compreensão, imprimir memórias e compartilhar conhecimento.

 

Mas o que é storytelling?

 

“Preto no branco”, como gostamos de dizer aqui na PPT King, storytelling é contar uma história. Ou seja: se você quer apresentar um produto, ao invés de simplesmente mostrar “esse aqui é meu produto”, você criará um enredo com começo (1), meio (2) e fim (3):

 

1 – Começo, despertando interesse

Num filme, por exemplo, o interesse do púbico é despertado com a apresentação dos personagens e os objetivos que eles querem conquistar. No caso de uma apresentação profissional, um dos caminhos seria mostrar o mercado em questão e como ele se transformaria com a chegada de um novo produto.

 

2 – Meio, ultrapassando obstáculos

Num filme, o público continua prestando atenção até o fim porque é instigado por diversos antagonismos, ou seja, tudo que vai no sentido contrário para que o protagonista alcance seu objetivo. Já nas apresentações profissionais, você poderá abordar o caminho que percorreu, as dificuldades enfrentadas e curiosidades do percurso até chegar no produto final apresentado.

 

3 – Fim, a vitória

O personagem do filme alcança seu objetivo. Você, agora sim, diz: esse aqui é o meu produto.

 

Por que utilizar o storytelling na sua apresentação?

 

Além dos argumentos acima (otimizar a compreensão, imprimir memórias e compartilhar conhecimento), é cientificamente comprovado que guardamos informações mais facilmente quando a recebemos em formato de histórias. A grande sacada é que, dessa forma, conseguimos atribuir emoção a elementos técnicos, comerciais e empresariais que jamais mexeriam com os nossos sentimentos.

 

Assim sendo, na próxima vez que você for apresentar seu produto, serviço ou empresa para um novo cliente, esqueça tudo que você aprendeu sobre missão, visão e valores. Reorganize todos os fatos, dispondo-os em uma estrutura com começo, meio e fim, e conte a sua história. Com certeza, você e sua empresa ficarão marcados na memória de quem a ouviu.


 

Avenida Angélica, 2447 | 12º andar | Higienópolis, São Paulo, SP